terça-feira, 15 de junho de 2010

domingo, 23 de maio de 2010

POEMA AMOR E VIDA


AMOR E VIDA
Prendas teu amor e terás junto a ti
um rouxinol triste, calado!
Amor que é amor, não prende... liberta!
Não sofre, é alegre.
É vida,
É pura felicidade.
É encontro de duas almas,
Que seguem no mesmo rumo, mas livres...
Por caminhos iguais e diferentes...
Que se respeitam.



            É onde vive a amizade,
        a fraternidade, a ternura.
              É onde a vida germina,
            E ambos, o ego declina
       para ser uma só alma,
                uma só vida!

              Quem ama não faz sofrer.
        Busca o outro fazer feliz,
     mas, ai de quem une-se para ser feliz,
pois felicidade jamais encontrará!
Só se é feliz quando a união é feita
primando a felicidade alheia.
Este é o verdadeiro amor,
Esta é a verdadeira vida.
Quem se liberta do ego
Feliz é!


A natureza é generosa para com todos. Preservemo-la!